O Sacerdote
A Consagração dos Sacerdotes
As Vestes Sacerdotais

 

A CONSAGRAÇÃO DO SACERDOTE

A Consagração dos Sacerdotes (Ch. 29)

sacerdócio de Israel foi outorgado à família de Arão, da tribo de Levi, e o ofício era hereditário, de forma que somente por nascimento alguém podia ganha entrada. Os primeiros sacerdotes eram: Arão, Nadabe, Abiú, Eleazar, e Itamar. Hoje, todos os crentes são os sacerdotes, pois o novo nascimento, nos inclui neste privilégio de compromisso espiritual.

O Novo Testamento dá base para que o crente considere a Cristo o seu Sumo Sacerdote.

Hebreus 3:1 "Por isso, irmãos santos, participantes da vocação celestial, considerai a Jesus Cristo, apóstolo e sumo sacerdote da nossa confissão."

O Senhor ordenou cerimônias e sacrifícios específicas para consagrar um sacerdote, nos quais eram levados sete dias. A cerimônia envolvia o oferecimento de um boi e dois carneiros juntos, com pães sem fermento, e uma oferta de bebida, de vinho. Há menção específica da unção de Arão com óleo, e o fato de que cada um dos sacerdotes participava impondo as mãos no sacrifício para identificar-se com ele. Também, cada sacerdote eleito participou de uma porção do sacrifício em um banquete cerimonial. O sacerdote eleito foi lavado cuidadosamente com água (como um tipo de pureza pessoal ou santificação), e eles também foram aspergidos com sangue (como um tipo de pureza legal ou justificação).

Antes de que qualquer sacerdote pudesse cumprir o seu chamado, ele tinha que passar por um ritual solene que durava sete dias. As instruções dadas por Deus começaram com a declaração:

Exôdo 29:1 "Isto é o que lhes hás de fazer, para os santificar, para que me administrem o sacerdócio..."

O que segue é um ato de consagração para o serviço e para 'santificar', ou seja, 'estabelecer algo ou separar alguém' para o serviço particular de Deus. A cerimônia foi ministrada por Moisés e aconteceu à entrada do tabernáculo dentro do pátio.

A Purificação

Em primeiro lugar, era preciso uma limpeza simbólica, lavando o corpo inteiro, esse foi o primeiro ato.

Depois, quando levando a cabo a sua tarefa, o sacerdote freqüentemente teria que lavar as suas mãos e pés na Pia de bronze, o que simboliza a sua necessidade de constante limpeza, no que as suas mãos fizeram, e onde os seus pés foram.

A Unção

Depois disto, os sacerdotes foram vestidos nas suas vestimentas características, e as suas cabeças ungidas com óleo de oliva, misturado com especiarias:

Êxodo 30:22-30 " Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo: Tu, pois, toma para ti das principais especiarias, da mais pura mirra quinhentos siclos, e de canela aromática a metade, a saber, duzentos e cinqüenta siclos, e de cálamo aromático duzentos e cinqüenta siclos, e de cássia quinhentos siclos, segundo o siclo do santuário, e de azeite de oliveiras um him. E disto farás o azeite da santa unção, o perfume composto segundo a obra do perfumista: este será o azeite da santa unção. E com ele ungirás a tenda da congregação, e a arca do testemunho, e a mesa com todos os seus utensílios, e o candelabro com os seus utensílios, e o altar do incenso. E o altar do holocausto com todos os seus utensílios, e a pia com a sua base. Assim santificarás estas coisas, para que sejam santíssimas; tudo o que tocar nelas será santo. Também ungirás a Arão e seus filhos, e os santificarás para me administrarem o sacerdócio. "

Falando da Arca da Aliança que é levada ao templo em Jerusalém, muitos anos depois, no Salmo 132:9 diz:

Salmo 132:9 " Vistam-se os teus sacerdotes de justiça, e alegrem-se os teus santos. "

A mensagem é que, depois que fosse limpo espiritualmente, se vestissem de justiça, e a unção que vem do Espírito Santo, é derramada no sacerdote, para o preparar para o serviço especial de Deus.

As Ofertas

No âmago da cerimônia de iniciação estava a oferta pelo pecado. Os homens que representariam as pessoas diante de Deus têm que ter os seus próprios pecados perdoados em primeiro lugar. Diariamente durante sete dias eles ofereciam um novilho. Como com a oferta pelo pecado, o novilho tinha que ser morto, e seu sangue aplicado nos quatro chifres do altar antes de ser vertido para fora, e partes de seu corpo eram queimadas.

Um cordeiro foi oferecido então em um ato de dedicação. Esta era uma oferta queimada no qual o sacrifício em sua totalidade foi consumido nas chamas de altar.

Finalmente, diariamente durante sete dias, um carneiro era oferecido para os sacerdotes e uma cerimônia especial foi feita depois deste último sacrifício. Depois que as mãos deles tivessem sido postas no animal, e o cordeiro morto, Moisés levou um pouco de seu sangue e o aplicou nos lóbulos das orelhas direitas de Arão e de seus filhos, também nos dedos polegares das suas mãos direitas, e finalmente no dedão do pé direito deles.

Exôdo 29:20 " E imolarás o carneiro e tomarás do seu sangue, e o porás sobre a ponta da orelha direita de Arão, e sobre as pontas das orelhas direitas de seus filhos, como também sobre os dedos polegares das suas mãos direitas, e sobre os dedos polegares dos seus pés direitos; e o restante do sangue espalharás sobre o altar ao redor."

Esta era a cerimônia de consagração, destes homens que estavam separados para o serviço de Deus.

O Sacerdote
A Consagração dos Sacerdotes
As Vestes Sacerdotais

Copyright © O Acelerador de Conhecimento Bíblico